Os cuidados dermatológicos que melhoram o seu dia a dia

Qual é o melhor champô para a crosta láctea?

A crosta láctea afeta sobretudo o couro cabeludo do bebé. O tratamento dessas crostas baseia-se na adoção de medidas de higiene adequadas e no uso de produtos específicos para o cuidado da pele.
Entre os produtos disponíveis em farmácias, há dois tipos de champôs: os champôs suaves desenvolvidos para a higiene diária do recém-nascido sem uma ação específica e os champôs de tratamento.

Champôs suaves sem sabão

Os champôs suaves, conhecidos como “sem sabão”, proporcionam um cuidado de limpeza adequado para a prevenção do aparecimento da crosta láctea, ou para manutenção ou complemento de produtos de tratamento.

A pele do bebé é mais fina e mais frágil do que a dos adultos, por isso é importante usar produtos de cuidado suaves que respeitem essa fragilidade. Um champô suave sem sabão tem um pH semelhante ao pH fisiológico da pele, preserva o equilíbrio do microbioma e não provoca desidratação.
A designação “sem sabão”, ao contrário do que o nome indica, não significa que não lava, apenas que contém menos surfactantes (ingredientes responsáveis pela remoção da sujidade, mas também agressivos para a pele) do que outros sabões. É também possível que um produto específico para o cuidado da pele faça pouca espuma, mas o facto de não fazer espuma não significa que não lave!

Este tipo de champô é usado para remover o produto aplicado para tratar a crosta láctea.

Champôs ou loções de tratamento

Quando a crosta láctea surge, há tratamentos para combater a patologia. São tratamentos específicos que promovem uma remoção delicada das crostas.
São simultaneamente hidratantes, para amolecer as crostas antes da sua remoção, e queratolíticos, ou seja, contêm um ou vários ingredientes ativos que promovem a eliminação das escamas.
Alguns são aplicados à noite, antes de deitar o bebé, e depois lavados e enxaguados no dia seguinte, com um champô suave. Outros são aplicados alguns minutos antes do banho, massajando sobre o couro cabeludo, tendo em seguida de ser lavados e enxaguados com um champô suave. A escovagem delicada depois do banho permitirá então remover as crostas soltas.
Estes produtos específicos permitem tratar a crosta láctea em algumas semanas. Se tal não acontecer, contacte o médico do bebé para obter aconselhamento e para que lhe possa ser recomendado outro produto para remoção da crosta láctea.