Os cuidados dermatológicos que melhoram o seu dia a dia

Eczema em bebés e crianças: as zonas mais frequentemente afetadas

O eczema em bebés e crianças é, na maioria dos casos, eczema atópico. As placas de eczema podem encontrar-se em diversos lugares, dependendo da idade. Estas são as zonas mais frequentemente afetadas por eczema no bebé, de acordo com a idade.

As zonas mais frequentemente afetadas antes dos 2 anos de idade

O eczema atópico surge geralmente nos primeiros meses de vida, em média por volta dos 3 meses e, por vezes, desde o nascimento. Calcula-se que 60% a 80% dos casos de eczema atópico sejam diagnosticados antes do primeiro ano de idade. O eczema aparece simetricamente nas zonas curvas (convexas) do rosto e dos membros, ou seja, nas maçãs do rosto e na superfície externa dos braços e das pernas, assim como no tronco. As placas apresentam-se normalmente muito vermelhas e com exsudação, depois ficam cobertas de crostas e, às vezes, com uma superinfeção. Às vezes, as pregas cutâneas já se encontram afetadas. A pele nem sempre apresenta secura e geralmente normaliza entre o primeiro e o segundo ano de idade.

As zonas mais frequentemente afetadas depois dos 2 anos de idade

Depois dos 2 anos de idade, as lesões migram para as pregas cutâneas, pescoço, joelhos, cotovelos, punhos e tornozelos, mas também para as mãos, as pálpebras, os lábios e as orelhas. A secura da pele torna-se inevitável, especialmente no inverno. As placas são menos inflamatórias e tendem a espessar.

As zonas mais frequentemente afetadas em crianças

Independentemente da idade da criança, as placas de eczema são quase sempre acompanhadas por sensação de calor e de prurido intenso. Isto dificulta o sono da criança e, consequentemente, o dos seus pais.

O eczema atópico em crianças pode progredir para eczema de contacto. Este eczema difere da dermatite atópica porque não é de origem constitucional e mantém-se localizado nas zonas expostas ao produto desencadeador. Por exemplo: uma menina com eczema atópico poderá deixar de conseguir usar peças de bijuteria (brincos, colares, pulseiras, etc.), simplesmente porque desenvolveu uma alergia de contacto ao níquel presente nesses objetos. Por vezes, o eczema de contacto ocorre de forma isolada, inclusive em crianças.