Que hábitos têm de ser evitados quando se sofre de eczema?

As pessoas que sofrem de eczema devem adotar algumas rotinas diárias: tomar duches em vez de banhos de imersão, escolher produtos cosméticos adequados, hidratar a pele cuidadosamente, etc. E há hábitos a evitar completamente!

Ações a serem evitadas em caso de surto

Aqui estão algumas coisas simples que você deve evitar durante um ataque de eczema:
  • Pare de perfumes e anti-sépticos
Evite aplicar sobre as placas de eczema quaisquer produtos para além dos corticosteroides tópicos ou dispositivos médicos na forma de cremes reparadores calmantes: não use antissépticos ou perfumes...

Os produtos naturais e orgânicos são muito populares atualmente, havendo muitas pessoas que experimentam tratar o eczema com óleos essenciais ou óleos de origem vegetal. Tenha cuidado com a sensibilização ou mesmo com o risco de alergia. Não se esqueça que a pele com eczema está inflamada e muitíssimo frágil. Se, ainda assim, pretender experimentar tratamentos alternativos, primeiro deverá verificar a ausência de alergia aplicando o produto na dobra do cotovelo e aguardando 48 h para observar a reação da pele. Fale com o seu médico ou farmacêutico sobre isso.
  • Respeite as áreas onde os emolientes são aplicados
Evite aplicar os emolientes diretamente sobre as placas, pois poderá causar uma sensação de picadas na pele: os emolientes devem ser aplicados apenas nas zonas sem placas.
  • Não toque nas placas
Evite examinar ou tocar nas placas de 5 em 5 minutos: depois de aplicar o tratamento, tente focar-se noutra coisa qualquer. É inútil aplicar o corticosteroide tópico várias vezes por dia. Isso não será mais eficaz do que uma aplicação diária (ou mesmo duas dependendo das prescrições). Pelo contrário, isso poderá resultar num aumento do risco de efeitos indesejáveis.
  • Não culpe
Tente não se culpar e não pense no aparecimento das placas de eczema como um falhanço: continue os seus esforços independentemente do que aconteça.
  • Pare de coçar
Evite coçar as placas; isso só agrava as lesões. Para resolver um surto eficazmente, deverá absolutamente controlar a vontade de se coçar ou acabará por entrar num círculo vicioso.