Os cuidados dermatológicos que melhoram o seu dia a dia

A pílula como tratamento para a acne

A pílula contracetiva faz parte da vida diária de muitas raparigas e mulheres para evitar uma gravidez indesejada. No entanto, este medicamento à base de uma ou duas hormonas pode ter consequências para a pele. Pode melhorar, ou pelo contrário, agravar a acne. Por conseguinte, é importante escolher uma pílula contracetiva adequada em caso de acne.

Qual é o papel que a pílula desempenha na acne?

A pílula contém uma combinação de estrogénios e progestogénios, ou apenas progestogénios (pílula de progesterona).

Os estrogénios constituem as hormonas femininas por excelência e são por isso antiandrogénios, sendo os androgénios as hormonas masculinas envolvidas no desenvolvimento da acne.Portanto, os estrogénios são benéficos para a pele e ajudam a combater a acne.

As progestinas, também conhecidas como hormona progesterona ou progesterona, têm um efeito muito variável sobre a pele. Algumas são claramente androgénicos, o que significa que mimetizam os efeitos dos androgénios no folículo pilossebáceo e agravam a acne. Outras têm pouca ou nenhuma androgenicidade e devem ser preferidas em caso de acne, para não a agravar. Isso não impede que as mulheres tenham uma má imagem das pílulas de progesterona para a acne.

Qual é a melhor pílula para combater a acne?

Em caso de acne, informe o seu médico sobre a pílula que está a tomar. Se surgir acne, persistir ou agravar, ou se o tratamento para a acne não funcionar, poderá haver uma ligação entre a pílula e a acne. Nessa altura, o médico poderá sugerir outra pílula mais adequada para a acne. Interromper a toma da pílula em caso de acne e sem aconselhamento médico não é recomendável, pois o efeito contracetivo será perdido!

Em alguns casos, o médico prescreverá uma combinação hormonal de acetato de ciproterona e etinilestradiol (Diane 35 e genéricos), pois o acetato de ciproterona é um progestogénio antiandrogénio que tende a melhorar o estado da pele, normalmente após alguns meses. Esta pílula é muitas vezes chamada pílula da acne.

Adaptar a pílula usada quando há acne por vezes ajuda a resolver a acne hormonal, o tipo de acne da mulher adulta que está relacionado com as alterações hormonais ao longo do ciclo menstrual. Muitas mulheres procuram um tratamento para a acne hormonal que não inclua a toma de uma pílula. Infelizmente, os tratamentos convencionais para a acne não são muito eficazes na acne hormonal.

Mudar a pílula que toma quando sofre de acne pode melhorar o estado da sua pele. Dito isso, é preciso não esquecer que cada pessoa é única! O que funcionou com a sua colega do secundário ou do escritório poderá não resultar consigo. E lembre-se: a pílula não substitui o tratamento prescrito pelo seu médico para a acne.

Nossas rotinas de cuidado

 
A minha rotina de rosto anti-brilho

Ação hidratante e brilhante para pele oleosa com tendência a imperfeições

Teste esta rotina A minha rotina de rosto anti-brilho > Ver a minha rotina

 
A minha rotina de rosto anti pontos negros

Desbloqueia e purifica os poros

Teste esta rotina A minha rotina de rosto anti pontos negros > Ver a minha rotina

 
A minha rotina de rosto anti-borbulhas

Ação contra as borbulhas inflamadas

Teste esta rotina A minha rotina de rosto anti-borbulhas > Ver a minha rotina

 
A minha rotina de rosto de reparação intensa

Ação reparadora para a pele de tendência acneica  que sofre tratamento medicinal de secagem

Teste esta rotina A minha rotina de rosto de reparação intensa > Ver a minha rotina

 
A minha rotina anti-imperfeições para pele adulta

Contra as borbulhas, marcas e primeiras rugas

Teste esta rotina A minha rotina anti-imperfeições para pele adulta > Ver a minha rotina
Ver todas as rotinas de cuidados