Os cuidados dermatológicos que melhoram o seu dia a dia

A psoríase genital

Como o seu nome indica, a psoríase genital afeta os órgãos genitais do homem (psoríase da glande, do prepúcio…) e da mulher (psoríase da vulva, dos pequenos e grandes lábios…). Este tipo de psoríase também pode atingir a dobra entre as nádegas e o ânus. A psoríase genital é raramente isolada, na maioria das vezes está associada a uma outra forma ou a uma outra localização de psoríase como, por exemplo, a psoríase em placas ou a psoríase inversa, a que afeta as dobras.

Sintomas desconfortáveis

Visualmente, a psoríase genital manifesta-se na forma de placas vermelhas com bordas bem definidas. Mas, diferentemente da psoríase em placas, as escamas estão geralmente ausentes devido à humidade local. As comichões estão sempre presentes e na maior parte do tempo muito intensas. É difícil coçar-se em público, no trabalho ou em casa de amigos quando se tem psoríase genital. 

É uma forma de psoríase relativamente corrente, mas da qual se fala pouco, e ainda menos com o seu médico! No entanto, o dermatologista é o interlocutor privilegiado, particularmente para confirmar o diagnóstico. Existem, de fato, várias outras patologias da esfera genital como, por exemplo, as micoses. O exame clínico é em geral suficiente para afirmar ou não se é um caso de psoríase genital. 

A psoríase genitalassim como as outras localizações da psoríasealtera consideravelmente a qualidade de vida, que a pessoa seja solteira ou casada. As lesões “mal situadas” impedem a pessoa afetada de viver plenamente a sua sexualidade, porque é pouco estético, porque coça, porque se agrava com a  ação dos atritos.   

 

Como tratar?

tratamento da psoríase genital é o mesmo da psoríase em placas: essencialmente cremes e cuidados locais, comprimidos ou injeções em caso de insucesso. No dia a dia, utilizar produtos lavantes suaves, usar roupa interior confortável

Não esquecer que a psoríase, seja genital ou extragenital, permanece sempre não contagiosa. E ouse falar com a sua parceira ou com o seu parceiro. 

Nossas rotinas de cuidado

 
A minha rotina anticaspa P.S.O

Ação em placas de caspa seca com vermelhidão e prurido

Teste esta rotina A minha rotina anticaspa P.S.O > Ver a minha rotina

 
A minha rotina anti-películas P.S.O

Ação no couro cabeludo com tendência a psoríase

Teste esta rotina A minha rotina anti-películas P.S.O > Ver a minha rotina
Ver todas as rotinas de cuidados