KERTYOL PSO Shampoo de cuidado reequilibrante para psoríase capilar

Permanente

Acalma a coceira * - Promove a eliminação de placas

Tratamento auxiliar para o couro cabeludo com psoríase capilar.

CELASTROL: processo biotecnológico patenteado**

Dermatologicamente testado.

Embalagem

Pode ser utilizado para Adolescentes - Adultos

Adequado para Cabelo - couro cabeludo

Tipo de cabelo Todos os tipos de cabelo - Couro cabeludo com tendência a psoríase

Necessidades Aliviar coceira - Anti-flocos

Feito em França

Aplicação

Frequência de utilização

3 vezes por semana durante 4 semanas

• Aplique no cabelo úmido, massageie delicadamente e enxágue
• Reaplique, deixe agir por 2 a 3 minutos e enxágue completamente
• Na fase de tratamento: 3 lavagens por semana durante 4 semanas
• Na fase de manutenção: 1 lavagem por semana, alternando com o shampoo suave
• Evite contato com os olhos, em caso de contato com os olhos, enxaguar abundantemente com água

Ingredientes

Ingredientes

Ácido salicílico (PSO)

Ingrediente ativo queratolítico que promove o desaparecimento de placas visíveis no couro cabeludo

Celastrol

Celastrol

O primeiro ingrediente ativo inovador da biotecnologia Pierre Fabre, Celastrol, de origem 100% natural e produzido através do cultivo de células vegetais. Esse ingrediente ativo calmante visa diretamente os queratinócitos para reduzir o aparecimento de placas e melhorar a aparência da pele

Resultados

• - 77% de coceira e vermelhidão desde as primeiras aplicações¹
• Auxilia na preservação de inflamações em áreas sem lesões aparentes
• Elimina 78% da espessura das placas a partir do primeiro mês²
• Melhora da qualidade de vida em 79% após 1 mês³

¹ ² ³Estudo clínico com 54 indivíduos com psoríase leve a moderada no couro cabeludo. Fase de tratamento de 4 semanas: 3 lavagens por semana. ¹Avaliação da intensidade da coceira pelo participante em T8 dias.
²Avaliação da espessura das placas em T29 dias.
³Avaliação percebida da melhora da qualidade de vida em 29 dias.

Mostrar fontes Ocultar fontes
Voltar ao topo