Os cuidados dermatológicos que melhoram o seu dia a dia

Dermatite seborreica: fatores ambientais, poluição, sol, etc.

O surgimento e início de um surto de dermatite seborreica pode dever-se a muitos fatores: stress, fadiga, fatores climáticos, consumo de álcool e tabaco, assim como poluição atmosférica.

O impacto dos fatores ambientais na dermatite seborreica

A pele, um verdadeiro escudo protetor do nosso corpo, é o órgão mais sensível às alterações ambientais. Ar seco, humidade, frio, calor, são todos fatores que exigem que a pele se adapte de inúmeras maneiras, incluindo através da produção de sebo. A produção de sebo pode ser aumentada ou reduzida, e quaisquer aumentos podem dar origem a um novo surto de dermatite seborreica.

Poluição

Quando a pele é sujeita a um ambiente poluído, a qualidade e a quantidade do sebo produzido podem sofrer alterações, resultando num estado de hiperseborreia. Isto cria um meio que pode promover a proliferação de fungos do género Malassezia, corresponsável pelos surtos de dermatite seborreica.

Sol

Por outro lado, o sol parece ter efeitos benéficos na pele afetada por esta patologia. De facto, um estudo sueco demonstrou que os sintomas da dermatite seborreica melhoraram em 54% dos doentes após a exposição ao sol(1). Contudo, note que, mesmo que as lesões tenham melhorado após a exposição ao sol, é essencial aplicar um protetor solar previamente e repetir a aplicação de duas em duas horas.

Algumas dicas para o dia a dia

Muitos fatores externos podem desempenhar um papel relevante no desencadeamento de surtos de dermatite seborreica.

Por isso é importante seguir algumas dicas úteis na luta diária contra a dermatite seborreica, nomeadamente:
  • Evite coçar a superfície das escamas.
  •  Limpe a pele cuidadosamente: de manhã e à noite, use produtos de dermocosmética adequados, com agentes de limpeza suaves e sem sabão, para remover as impurezas da superfície sem agravar a sua fragilidade.
  • Seque bem toda a pele; não se deite com o cabelo ainda molhado. Os ambientes húmidos promovem a proliferação de fungos, potenciais desencadeadores dos sintomas.
  • Na roupa de cama opte por materiais naturais, como o algodão ou o linho, pois as almofadas de materiais sintéticos favorecem a presença de microrganismos.
Não hesite em contactar o seu farmacêutico para aconselhamento. Com a sua orientação poderá implementar uma rotina adequada ao seu tipo de pele.

Berg M. Epidemiological studies of the influence of sunlight on the skin. Photodermatology. (1989), 6, pp. 80-84.

Nossas rotinas de cuidado

 
A minha rotina anti-vermelhidão e descamação para rosto e corpo (DS)

Ação calmante na pele irritada com prurido

Teste esta rotina A minha rotina anti-vermelhidão e descamação para rosto e corpo (DS) > Ver a minha rotina

 
A minha rotina anticaspa DS

Ação em placas de caspa oleosa com vermelhidão e prurido

Teste esta rotina A minha rotina anticaspa DS > Ver a minha rotina
Ver todas as rotinas de cuidados