Respostas do dermatologista

Queda de cabelo

Existem vários tipos de queda de cabelo no homem e também na mulher.

Por que razão cai o cabelo?

Existem na cabeça entre 100 00 e 150 000 cabelos que nascem nos folículos pilosos. O ciclo de vida do cabelo é composto por três fases:

  •    Fase anagénica: é a fase de crecimento. Dura de 3 a 6 anos. O cabelo cresce. 
  •    Fase catagénica: è a fase de repouso. O cabelo deixa de crescer. Dura 3 semanas. 
  •    Fase telogénica: é a fase de queda. O cabelo é eliminado para ser substituído por um novo cabelo em fase anagénica. Dura 3 meses.

Os diferentes tipos de queda de cabelo

A queda de cabelo pode ser ocasional ou crónica.

   Queda ocasional < 6 meses, também designada por queda difusa ou pontual

Stress, alterações climáticas, distúrbios hormonais, regimes alimentares, poluição…são agressões diversas que podem afectar o cabelo. Fragilizados e desvitalizados, caem de forma significativa. Embora este fenómeno seja transitório, é preferível reagir rapidamente, desde os primeiros sinais.

   Queda crónica > 6 meses, também designada por queda regular

É a actividade dos folículos pilosos que determina o crescimento do cabelo. Na queda de cabelo crónica, cada ciclo é mais curto que o anterior. Após cerca de 25 ciclos, o folículo piloso esgota-se, é reabsorvido e desaparece, por vezes com vários anos de avanço. Esta queda de cabelo é, essencialmente, de origem genética pelo que é importante adaptar o tratamento para travar o fenómeno e fortificar o cabelo. Certas doenças podem também estar na origem da queda de cabelo crónica.   

Qual é a diferença entre eflúvio e alopécia?

O eflúvio é a perda excessiva de cabelo. 
A alopécia é a ausência de cabelo na cabeça.

O acompanhamento Ducray

Para cada tipo de queda de cabelo, temos um programa de cuidados adaptado

Para o cabelo

Consulte o seu dermatologista

Para o diagnóstico e tratamento de qualquer patologia, é necessária a ajuda de um profissional de saúde

Os nossos especialistas respondem

a todas as perguntas mais frequentes
Pode ter-se manchas castanhas em qualquer idade?
Sim, as manchas castanhas surgem sempre sob o efeito do sol, mas podem afectar também - as pessoas com peles acneicas: as borbulhas da acne podem deixar cicatrizes castanhas. - as mulheres grávidas ou que tomem a pílula porque têm tendência para ter "pano da gravidez" no rosto. - as mulheres mais idosas com "manchas da idade" principalmente nas costas das mãos, mas também no rosto, no pescoço, no decote e nas pernas. A utilização de cuidados adaptados previne e favorece o seu desaparecimento.
O pano da gravidez é inevitável?
Durante a gravidez, o seu organismo está sujeito a significativos distúrbios hormonais, está "inundado" de hormonas (estrogénios e progesterona) e os efeitos são visíveis. Deve tomar especial atenção ao cuidado da sua pele fragilizada pois tende a ficar mais seca, mais irritada e particularmente vulnerável ao sol. A associação estrogénios e progesterona estimula em excesso a produção de melanina (pigmento responsável pela coloração da pele), habitualmente induzida pela exposição solar (bronzeado). Assim, deve proteger-se do sol, sobretudo na segunda metade da gravidez, para que não apareçam manchas na fronte, nas têmporas, maçãs do rosto e lábio superior.
O meu "pano da gravidez" vai desaparecer?
Principalmente, convém evitar a exposição solar e proteger-se com um fotoprotetor de índice elevado para não acentuar a "máscara da gravidez"