Os cuidados dermatológicos que melhoram o seu dia a dia

O ciclo de vida do cabelo

O nascimento e o crescimento de nossos cabelos resultam de um processo bem preciso: é o ciclo do cabelo ou ciclo capilar. Ele é dividido em três fases bem distintas.

Ciclo do cabelo: com o que parece o ciclo capilar?

O desenvolvimento do cabelo é de natureza cíclica, caracterizado por fases de crescimento, de regressão e de regeneração. Fala-se de ciclo do cabelo ou ciclo capilar. Cada ciclo capilar compreende três fases principais.

  • A fase anágena corresponde à fase de crescimento do cabelo e dura de 2 a 6 anos. Ela concerne 85% dos cabelos. É durante essa fase que a haste capilar é produzida pelo folículo piloso. As características do folículo piloso (tamanho) e da haste capilar (comprimento) dependem do volume e do número de células presentes na papila dérmica. Durante a fase anágena, os fibroblastos da papila dérmica libertam sinais que provocam a proliferação, a migração e a diferenciação das células matriciais situadas na base do folículo para formar a haste capilar. Uma fase durante a qual o cabelo cresce cerca de 1 cm por mês.
  • A fase catágena corresponde à fase de regressão ou de involução do cabelo e dura de 2 a 3 semanas. Durante esta fase de transição, as células do bulbo entram em apoptose resultando assim na regressão da parte inferior do folículo piloso. Durante esse período o bulbo fica inativo e os cabelos param seu crescimento.
  • A fase telógena (menos de 10% dos cabelos) é a fase de repouso relativo em termos de ativação e de proliferação, ao longo da qual nota-se a ausência de produção de haste capilar. É durante esta fase de queda de cabelo que dura 2 a 3 meses, que o cabelo morto cai. Ele é repelido por um outro cabelo que entra numa nova fase anágena.

Certo / errado sobre o ciclo do cabelo

Um ano = um ciclo para seus cabelos

Errado – O que se sabe, é que ao longo de uma vida, o folículo piloso encadeia 25 a 30 ciclos em média. É o ciclo vital dos cabelos. Mas, felizmente, o número de cabelos que nascem é sempre amplamente superior ao número de cabelos que caem: num couro cabeludo normal contendo cerca de 100.000 cabelos, 86% dos cabelos estão em fase anágena, ou seja, em crescimento.

A velocidade do ciclo do cabelo pode mudar

Certo – Pode também acontecer que o ciclo do cabelo se acelere por causa de um excesso de hormonas masculinas, os andrógenos. Um fenómeno que não permite um crescimento normal. Como a velocidade de crescimento do cabelo é acelerada, ele se esgota e cresce mais fino. Até cair, de maneira definitiva. É a alopécia androgenética. Trata-se de uma queda de cabelo crónica (superior a 3/6 meses) e dificilmente reversível. Não confundir com a queda de cabelo sazonal que é ocasional (eflúvio telógeno agudo), e cuja solução é sempre favorável. Nem com a alopécia senescente, que é causada por uma diminuição do diâmetro do cabelo que corresponde a um envelhecimento fisiológico do cabelo.

Cabelo: o ciclo lunar tem um impacto sobre o ciclo de crescimento do cabelo?

Paralelamente a esse ciclo do cabelo clássico, costuma-se dizer que o calendário lunar também teria uma influência sobre o crescimento dos cabelos. A posição da lua no céu poderia favorecer ou não o crescimento do folículo piloso. O fenómeno não foi cientificamente provado, mas especialistas trabalham ativamente sobre a questão.